Argentina aprova aborto legal e mulheres comemoram nas ruas

Imagem de pessoas que apoiam a descriminalização do aborto do lado de fora do Congresso argentino, em 11 de dezembro de 2020 (Foto: Agustin Marcarian/Reuters)

Por 131 votos favoráveis, 117 contra e 6 abstenções, a Câmara dos Deputados da Argentina aprovou um projeto de lei que legaliza o aborto no país nesta sexta-feira (11). O Senado avaliará o texto. A proposta autoriza a interrupção da gravidez até a 14ª semana de gestação.

O projeto foi enviado ao Congresso pelo presidente Alberto Fernández, mas recebeu apoio de partidos que não estão na base de governo.

Milhares de argentinos passaram a noite ao lado de fora do Congresso e em praças das principais cidades do país à espera do resultado. As que estavam do lado “verde”, favorável à legislação, se abraçavam na capital do país, Buenos Aires. Muitas delas choravam de alegria já nos últimos discursos.

Decepcionadas, as mulheres do lado “celeste”, contrárias à proposta, se retiraram rapidamente do lugar. Um grupo menor chamou os deputados de “assassinos”.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui