Artista baiano lança música abordando a importância da igualdade racial

Foto: Divulgação

O cantor, compositor, instrumentista e produtor musical LuShow, lança nesta sexta-feira (17), a música Branco no Preto, que estará disponível em todas as plataformas digitais. A canção fala da importância da igualdade racial com ênfase na origem dos povos e no erro humano da escravização de uma etnia por outra.

No youtube, a canção será lançada no canal Alta Frequência, que é um estúdio virtual com caráter social e que possibilita aos artistas a gravação de seus trabalhos com a mesma qualidade sonora de uma forma mais acessível.

“Na verdade a desigualdade racial é uma falha humana de uma etnia que se juntou para escravizar outra etnia. Com esta música, trago a importância de fazer uma viagem no tempo para um grande impulso de conscientização mundial”, declara LuShow.

Branco no Preto, fala sobre o processo da discriminação racial com outra visão, convocando a sociedade para a mudança na cultura de superioridade de uma etnia sobre a outra e, traz a reflexão que na essência, o branco é o mesmo preto e o preto é o mesmo branco. E como a canção fala de igualdade racial e origem dos povos, LuShow conta com a participação do rapper angolano Lil Papy.

“A Angola sofre a mesma desigualdade racial que o Brasil sofre. Nada mais que justo esta parceria com Lil Papy para passarmos para o mundo esta realidade nua e crua que sofremos na pele diariamente. Em Branco no Preto, destaco que viemos todos do mesmo lugar e no final também vamos todos para o mesmo lugar. Seja branco ou preto, a origem e o destino são os mesmos”, conclui o músico.

SOBRE LUSHOW

Morador do Engenho Velho de Brotas, bairro bastante reconhecido em função de ser um polo musical e onde funcionou uma casa de engenho na época da escravidão, LuShow é músico desde a adolescência. Cantor, compositor, e instrumentista, em 2010 começou a engrenar o projeto de produtor musical para transformar as ideias em sons. Em 2014, produziu uma banda no Mato Grosso e já passou por várias bandas de Salvador. Atualmente em parceria com três amigos, coordena o projeto social Alta Frequência.