Bahia recebe reforços da Defesa Civil de Niterói para avaliação de áreas de risco atingidas pelas chuvas

Foto: Mateus Pereira/GOVBA

Mais seis colaboradores do município de Niterói, no Rio de Janeiro, chegaram nesta quarta-feira (5) a Ilhéus, no sul da Bahia, para atuarem no apoio às vítimas das fortes chuvas. O secretário de Defesa Civil de Niterói, tenente coronel bombeiro Walace Medeiros, veio acompanhado de dois engenheiros civis, dois geólogos e um geógrafo para inspecionar áreas de risco onde estão localizados imóveis que foram interditados. Os técnicos têm a missão de avaliar se há segurança para que as famílias retornem aos seus lares.

A equipe foi recebida pelo superintendente da Defesa Civil do Governo do Estado, coronel Miguel Filho. “Tivemos uma primeira fase mais agitada, de socorro, que envolveu muitos bombeiros. Agora, nesta fase, a Defesa Civil faz um trabalho junto com a população, avaliando as áreas atingidas, fazendo as vistorias. Para isso, hoje estamos recebendo esse reforço de Niterói, no Rio de Janeiro, que veio ajudar a cumprir esta missão. É um trabalho árduo, detalhista, para avaliar cada residência e definir se o imóvel pode ou não ser habitado. Junto com isso, vem o trabalho solicitado pelo governador Rui Costa, de levantamento dessas casas e imóveis, para que sejam devolvidos ou construídos novos, para as famílias que perderam tudo”.

O tenente coronel Walace Medeiros informa que a Defesa Civil de Niterói vem acompanhando, a partir do Rio de Janeiro, o que está acontecendo na Bahia. “Quero dar os parabéns a toda a estrutura de Defesa Civil, desde o governador, as estruturas estadual e municipais de Defesa Civil, as demais secretarias envolvidas nesse processo. Nossa equipe técnica é especializada na vistoria de encostas e edificações com riscos estruturais. A nossa intenção aqui é apoiar a Defesa Civil naquilo que for preciso, mas especificamente naquilo que se refere à avaliação de áreas afetadas pelas chuvas, para saber se estão seguras ou não para o retorno das famílias às suas casas”.

Fonte: Portal GOV BA