Biden estaria preparando boicote do governo dos EUA aos Jogos de Pequim de 2022

© REUTERS / Thomas Suen
O jornal The Washington Post reportou que a administração norte-americana entregou uma recomendação ao presidente dos EUA para seu governo não estar no evento de 2022 em Pequim, China, e que ele aprovará a decisão.
Joe Biden, presidente dos EUA, está se preparando para boicotar a participação do governo norte-americano nos Jogos de Pequim de 2022, aponta na terça-feira (16) o jornal The Washington Post (WP), citando fontes.
Tal ação, indicada por “várias fontes familiares com os planos”, significa que os atletas participarão da competição por realizar em Pequim, China, mas que nenhum representante de Washington presenciará o evento.
Atletas participam de competição de curling durante um evento de teste para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 no Centro Aquático Nacional, Pequim, China, 1º de abril de 2021 - Sputnik Brasil, 1920, 16.11.2021
Atletas participam de competição de curling durante um evento de teste para os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 no Centro Aquático Nacional, Pequim, China, 1º de abril de 2021 © REUTERS / Tingshu Wang
A decisão final de Biden ainda não foi tomada, mas ele recebeu uma recomendação formal nesse sentido, segundo o WP, e deverá aprovar a decisão até o fim do mês.
O passo teria a intenção de sinalizar a oposição dos EUA às alegadas violações de direitos humanos por parte da China contra a minoria de muçulmanos uigures, algo que Pequim tem negado repetidamente.
O WP escreve que Xi Jinping, presidente da China, pretendia referir o tema dos Jogos de Pequim de 2022 durante o último encontro virtual na segunda-feira (15), mas que o tema não surgiu durante as três horas e meia de sua duração. Ao mesmo tempo, Biden “levantou preocupações sobre as práticas [da República Popular da China] em Xinjiang, Tibete e Hong Kong, além dos direitos humanos em geral”, comunicou a Casa Branca.
Fonte: Sputnik Brasil