Biden surpreende jornalistas comentando sobre possível boicote diplomático às Olímpiadas de Pequim

© AP Photo / Susan Walsh
Na terça-feira (16), o presidente dos EUA, Joe Biden, comentou os últimos relatos que indicavam que as autoridades americanas planejavam boicotar os próximos Jogos Olímpicos de Inverno em Pequim sob alegação de supostas violações aos direitos humanos.
Entretanto sua resposta acerca da questão gerou confusão entre jornalistas.
Quando questionado se uma delegação oficial do governo norte-americano viajaria ao evento esportivo, que se realizará na capital chinesa em fevereiro de 2022, o presidente respondeu categoricamente: “Eu sou a delegação, e já lidei com isso”.

Expectativa

Ainda nesta terça (16) o jornal The Washington Post havia revelado que fontes na Casa Branca indicaram que o governo americano não enviaria nenhum representante oficial ao evento.
Segundo reportagem do jornal, o mandatário já teria recebido recomendações formais para lidar com a questão e sua resposta final seria dada até o fim do mês de novembro.

Cúpula Biden-Xi

Na última segunda-feira (15), os presidentes dos EUA, Joe Biden, e da China, Xi Jinping, realizaram uma reunião virtual na qual discutiram, sobretudo, formas de garantir que ambos os países possam concorrer de maneira leal, evitando conflitos de ordem econômica.
Além disso, Biden sugeriu a Xi que a China cooperasse com os EUA na agenda de desafios globais, mais especificamente sobre mudanças climáticas. Por sua vez, Xi ressaltou a necessidade do cumprimento de compromissos internacionais, o que garantiria maior estabilidade no sistema internacional.
Fonte: Sputnik Brasil