Bolsonaro ataca a França e destila xenofobia contra imigrantes

Emmanuel Macron e Jair Bolsonaro (Foto: Reuters)

Jair Bolsonaro voltou a avançar sobre o terreno das relações internacionais e atacou a França em live nesta quinta-feira (20). Ele criticou a política de imigração do país e destilou preconceito contra imigrantes, em verdadeiras declarações xenofóbicas.

Bolsonaro sugeriu que, na França, os imigrantes são responsáveis por ataques contra as mulheres. “Sem fazer qualquer crítica à França? Como está seu povo vivendo com a política de fronteiras abertas? Gente de qualquer lugar do mundo, em especial do norte da África, acabou migrando para lá. Como é que está a França no momento? Está tudo pacificado? Como em alguns locais da França as mulheres são tratadas por parte de pessoas que foram para lá? O presidente abriu os braços, acolheu todo mundo, ‘coisa linda, maravilhosa’. Como as mulheres são tratadas por essas pessoas que não têm respeito com mulher? Acham que mulher é um ser de segunda ou terceira categoria”.

O chefe do governo brasileiro chegou a imputar crime de pedofilia aos tais imigrantes, somente levando em conta a nacionalidades destas pessoas. “Você tem que respeitar a cultura dessa gente. Tem país aí que sabe como as mulheres são tratadas, como as meninas de 12, 13, 14 anos são tratadas, entre outras particularidades”.

Fonte: Brasil 247