Bolsonaro diz que ‘perpetuar’ benefícios é ‘o caminho certo para o insucesso’

© Foto / Alan Santos / Presidência da República

O presidente da República visitou as obras da Ponte da Integração ao lado do presidente paraguaio Mario Abdo Benítez, em Foz do Iguaçu (PR), nesta terça-feira (1).

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse nesta terça-feira (1) que “perpetuar” benefícios é o “caminho certo para o insucesso”.

“Alguns querem perpetuar tais benefícios. Ninguém vive dessa forma. É o caminho certo para o insucesso. E temos que ter a coragem de tomar as decisões”, disse Bolsonaro, sem detalhar a qual benefício se referia.

Bolsonaro deu a declaração durante discurso feito após visitar obras da Ponte da Integração ao lado do presidente paraguaio Mario Abdo Benítez, em Foz do Iguaçu (PR). A ponte liga os países vizinhos e as obras devem ser concluídas em 2022.

Em outra declaração, Bolsonaro expressou ao governador do Paraná, Ratinho Júnior (PSD), preocupação “com a decisão que vai tomar”.

“Ratinho, você, como chefe do Executivo, tenho certeza, muitas vezes fica preocupado com a decisão que vai tomar, mas pior que uma decisão até mesmo mal tomada é uma indecisão”, disse o presidente, conforme noticiado pelo Poder360.

Visita do Presidente da República, Jair Bolsonaro e do Presidente da República do Paraguai, Mario Abdo Benítez às obras da Ponte da Integração Brasil-Paraguai
© FOTO / ALAN SANTOS / PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA Visita do Presidente da República, Jair Bolsonaro e do Presidente da República do Paraguai, Mario Abdo Benítez às obras da Ponte da Integração Brasil-Paraguai

O presidente é pressionado para estender o auxílio emergencial da pandemia, que se encerra neste mês. O ministro da Economia, Paulo Guedes, chegou a afirmar que a prorrogação do benefício ‘é uma certeza’ em caso de segunda onda da pandemia.

Na última terça-feira (24), ao ser questionado sobre a ideia, o presidente Jair Bolsonaro, chegou a dizer a um apoiador que fosse “perguntar ao vírus”, acrescentando que sua equipe espera que isso não seja necessário.

 

Fonte: Sputnik Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui