Bolsonaro não fez sequer uma demarcação de terra indígena em dois anos de mandato

Foto: Reprodução/ Brasil 247

O governo Jair Bolsonaro não desmarcou terra indígena alguma nos dois primeiros anos de mandato. É pior marca desde o fim da ditadura militar, ao lado de Michel Temer. A informação foi publicada pela coluna de Guilherme Amado.

A Fundação Nacional do Índio (Funai) não respondeu por que não demarcou terras indígenas neste governo. A entidade afirmou não ser contra demarcações, mas sim contra “irregularidades nesses processos praticadas por gestões anteriores”.

A gestão Bolsonaro resolveu “militarizar” a instituição e nomeou o delegado federal Marcelo Augusto Xavier da Silva para ser presidente da Funai.

Desde quando era deputado federal, Bolsonaro se posicionou contra as demarcações. Em fevereiro deste ano, por exemplo, ele afirmou que “criaram uma verdadeira indústria de demarcações”.

 

Fonte: Brasil 247