Brasil analisa eliminação temporária de tarifas de importação de soja, arroz e milho

© AP Photo / Nati Harnik

O governo brasileiro está considerando eliminar temporariamente as tarifas de importação de arroz, milho e soja, informou o Ministério da Agricultura nesta quinta-feira (27).

Segundo a pasta, a medida visa combater a inflação, já que os preços dos três produtos subiram recentemente. Ainda não há uma posição consolidada e as autoridades vão discutir a decisão no próximo mês.

Atualmente, as importações do bloco do Mercosul, que inclui Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, já estão isentas.

A medida não teria grande impacto na Argentina, pois os principais produtos agrícolas que exporta para o Brasil são o trigo e a cevada. Segundo dados oficiais, em 2019 a Argentina exportou apenas 95.925 toneladas de milho e 116.097 toneladas de arroz para o vizinho, e não registrou embarques de soja.

No entanto, o chefe da câmara argentina de exportadores e processadores de grãos CIARA-CEC declarou à Agência Reuters que “qualquer redução da tarifa externa comum deve ser negociada dentro do Mercosul e é isso que promovemos”.