Casarão da Diversidade inicia as atividades em Salvador

Equipe do CPDD-LGBT (Foto: Genilson Coutinho)

Na manhã de segunda-feira (4) o Casarão da Diversidade iniciou as atividades e apresentou a equipe responsável pelas ações do primeiro semestre de 2021, administrado pela Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM). A gestão é fruto de um termo de colaboração para execução dos serviços do Centro de Promoção e Defesa dos Direitos LGBT da Bahia (CPDD-LGBT), da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS).

A atividade contou com a presença de Gabriel Teixeira, coordenador do Núcleo LGBTQIA+, que apresentou o plano de ação e ressaltou a importância da vinda da IBCM nessa parceria para fortalecer as políticas públicas para população LGBTQIA+ na Bahia.

Para Renildo Barbosa, coordenador do CPDD, é preciso fortalecer as ações do Casarão e chegar a espaços como as periferias, realizar o monitoramento das violências denunciadas e praticadas na internet, além de apresentar à população um equipamento público completo para atender às demandas das pessoas LGBTQIA+. “Vamos fortalecer nossas ações nos diversos espaços e buscar atender a todas as demandas com nossa equipe, do jurídico ao serviço social. As demandas são grandes, e nosso empenho será maior e com foco nas necessidades da nossa população”, sinalizou Barbosa.

No local, funciona o Centro de Promoção e Defesa dos Diretos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (CPDD), que oferta serviços como o acolhimento, orientação psicossocial e jurídica, encaminhamentos à rede de serviços diversos, como saúde e assistência social, além do acompanhamento prestado por profissionais de psicologia, direito e pedagogia.

O centro atua ainda na articulação com outras estruturas estaduais e municipais em questões de educação, qualificação e empregabilidade do público LGBTQIA+, a exemplo do projeto Corre LGBT, fruto da parceria com a Secretaria do Trabalho, Emprego e Renda da Bahia (Setre). A ação realiza emissão de documentos de trabalho com nome social e faz o encaminhamento para qualificação, além de intermediação de mão de obra com o mercado de trabalho. O corpo profissional da unidade também é formado pelo público prioritário do centro.

“Hoje iniciamos novos desafios com a experiência da IBCM nesta parceria com a Secretaria, que será sem dúvida muito importante para atendermos às demandas da população LGBTQIA+ e fortalecer o compromisso do Casarão desde a sua criação, em 2015. A Secretaria reafirma seus objetivos na construção de melhorias para a comunidade LGBTQIA+”, pontuou Gabriel.

O CPDD ainda acolhe as demandas registradas pelo Disque 100, serviço que registra denúncias de direitos humanos em todo o país. O estudo e a avaliação dos dados são utilizados na formulação de políticas públicas e orientação das ações da SJDHDS. Funciona no local, também, o PreParaSalvador, ação sob responsabilidade do Instituto de Saúde Coletiva (ISC), da Universidade Federal da Bahia (UFBA), que atua na pesquisa e prevenção em relação às HIV/Aids para o público jovem.

 

Sobre a IBCM

A IBCM atua desde 1989 em Salvador no atendimento e acolhimento da população mais vulnerável, especialmente travestis e transexuais em situação de vulnerabilidade, e na prevenção do HIV/AIDS. A instituição conta com reconhecimento pelos mais de 30 anos de serviços prestados à comunidade LGBTQIA+ de Salvador e da Bahia.

 

SERVIÇO

O quê? Casarão da Diversidade – Serviços, ações e iniciativas de cidadania e proteção da população LGBTQIA+

Quando? Segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Onde? Rua do Tijolo, nº 8, Pelourinho – Salvador