Municípios da Chapada Diamantina planejam ações de prevenção e combate a incêndios florestais

Foto Divulgação

O salão nobre da Prefeitura de Mucugê recebeu, neste 27 de julho, gestores públicos municipais de Meio Ambiente da Chapada Diamantina. O objetivo do encontro foi iniciar um espaço de debate, troca de conhecimentos e saberes quanto aos problemas comuns presentes em suas áreas naturais. Dentre eles, um é ponto de intercessão, os incêndios recorrentes que ocorrem na região. O tema central desse, que foi o primeiro encontro entre esses gestores, foi a construção de um Plano integrado Intermunicipal de Ações para prevenção e combate a incêndios em áreas naturais para o segundo período de 2022.

Nesta agenda, foram definidas algumas ações continuadas, dentre elas, um espaço de integração denominado Fórum dos Gestores Públicos Municipais de Meio Ambiente da Chapada Diamantina para elaborar planos e projetos que maximize os resultados em ações de desenvolvimento ambiental. Pacto de colaboração para a prevenção e combate a incêndios no território e promover o apoio continuado para organização e manutenção das Brigadas Voluntárias de cada município, levantando as demandas dessas Brigadas, mapeando e sistematizando as informações por município, solicitando apoio da Secretaria de Meio Ambiente do Estado, da Defesa Civil Estadual e do Corpo de Bombeiros do Estado da Bahia, dentre outras ações.

Esse encontro pode ser considerado um marco na busca pelo devido suporte e reconhecimento das Brigadas diante da constatação de que sem a existência delas não há a possibilidade de um efetivo combate frente aos focos de incêndios, tão presentes nessa região, principalmente nas épocas mais secas.

Para o secretário de Meio Ambiente do município de Mucugê, Ernesto Mattos, há que possibilitar um arranjo institucional entre as Brigadas locais e o poder público municipal e que esse poder assuma a sua responsabilidade. O secretário corrobora: “Há que apoiar essas organizações com recursos de base material, possibilitando a manutenção e a motivação desses grupos que são singulares, pelo fato de serem guias profissionais e, para além de toda a capacitação, pessoas ligadas à natureza, cônscias da importância da preservação, além de profundos conhecedores da geografia local, o que os possibilita acessar os locais de incêndio com maior rapidez, impedindo que os mesmos se expandam.”

Para Joab Rocha, guia, brigadista e coordenador de Meio Ambiente, essa reunião foi de suma importância, porque são os municípios tentando fortalecer as brigadas locais. Ele afirmou: “É importante o município estar avançando nessa parceria com as brigadas, justamente para fortalecer esse grupo que já existe e para ter esse sentimento de pertencimento dessas pessoas para que elas continuem com essa missão, um trabalho que poucos conhecem, mas que é fundamental para a sobrevivência de todos.

Estiveram presentes, na reunião, secretários de Meio Ambiente dos municípios deSouza, Andaraí, Ibicoara, Itaitê, Lençóis); Ernesto Mattos, Mucugê e Palmeiras.

O primeiro passo foi dado e, ao término da reunião, o sentimento que prevaleceu foi o do desejo de que outros passos sejam dados em prol de uma luta que bom que sejam de todos, poder público, setor privado, sociedade civil organizada e cidadãos que acreditam que a preservação dos recursos naturais é essencial à manutenção e qualidade da vida.