Com 1.439 novos óbitos, Brasil tem o 3º dia com maior número de mortes desde o início da pandemia

© Folhapress / André Melo Andrade/Immagini

O Brasil teve, nas últimas 24 horas, o terceiro dia com o maior número de mortes causadas pela COVID-19 desde o início da pandemia, em fevereiro de 2020.

Foram 1.439 novas mortes causadas pelo novo coronavírus, número que eleva o total de óbitos a 221.676. O número diário de mortes só foi maior em 29 de julho, quando morreram 1.554 pessoas, e em 4 de junho, que contabilizou 1.470 óbitos.

Com a atualização, a média móvel de mortes nos últimos sete dias no Brasil também sobe. Atualmente, está em 1.064 – é a maior marca desde o dia 4 de agosto, quando chegou a 1.066. O aumento foi de 10% em comparação à média de 14 dias atrás, o que indica tendência de estabilidade nos óbitos pela doença.

Em casos confirmados, o país contabilizou 60.301 novas infecções pelo novo coronavírus. Desde o começo da pandemia 9.060.786 brasileiros já foram infectados. A média móvel de infecções nos últimos sete dias foi de 51.567. Como a variação foi de -5% na média móvel de novos casos, a tendência é de estabilidade nos diagnósticos.

Os números são do consórcio de veículos de imprensa, que também passaram a divulgar o número de brasileiros vacinados. Só nesta quinta-feira (28), o levantamento aponta que 22 estados e o Distrito Federal vacinaram 1.509.826 pessoas. O consórcio informa que os estados do Amazonas, Goiás, Rondônia e Tocantins não divulgaram a tempo os números consolidados de vacinação nos respectivos territórios.

 

Fonte: Sputnik Brasil