Coren-BA: Servidor divulga áudio acusando tesoureira de fazer ‘rachadinha’; presidente denuncia esquema

Reprodução

O gerente de tecnologia do Conselho Regional de Enfermagem da Bahia – Coren-BA, Gabriel Ramos Daltro, divulgou neste sábado (26), em grupos de WhatsApp, um áudio em que afirma ter sido coagido a transferir parte do seu salário para a conselheira e primeira tesoureira da entidade, Rosane Santiago Alves da Silva.

Indicado por Rosane, Daltro passou a fazer parte do quadro de funcionários do Coren-BA em janeiro de 2021, recebendo o salário de aproximadamente R$ 8 mil – segundo ele, deste montante, R$ 3,5 mil eram repassados para a conselheira.

“Eu estava sendo obrigado praticamente a dar uma parte do meu salário para poder manter o meu emprego”, revelou Daltro.

Na sexta-feira (25) o Conselho Federal de Enfermagem decidiu afastar Rosane Santiago e o presidente do Coren-BA, Jimi Medeiros, e determinou providências ao gerente de tecnologia Gabriel Daltro.

Em carta aberta, o presidente Jimi diz não entender o motivo que foi envolvido em uma denúncia que ele mesmo fez o encaminhamento para o Cofen, Polícia Federal e Ministério Público Federal.

Em decisão de afastamentos, divulgado pelo Cofen, o documento afirma ter “indícios de ‘rachadinha’ e percebimento de valores pecuniários a título de saldar dívidas contraídas na campanha eleitoral para eleição da chapa concorrente ao pleito de 2020 do Regional”.

A redação tentou contato com a conselheira Rosane Santiago e até o momento não teve retorno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui