Crise nas fronteiras: Merkel e Putin discutem por telefone como resolver situação entre Belarus e UE

© AP Photo / Etienne Laurent/Pool
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e a chanceler alemã, Angela Merkel, discutiram nesta quarta-feira (10) sobre a crise migratória nas fronteiras entre a UE e Belarus, informa o Kremlin.
Mais especificamente, Merkel pediu para Putin exercer sua influência sobre seu vizinho belarusso.
Tal se deve ao fato de Moscou ser um aliado próximo do governo de Belarus e a Alemanha o principal destino de muitos migrantes que querem entrar na UE.
A discussão ocorreu por telefone, e nela “a situação dos refugiados nas fronteiras de Belarus com países da UE foi examinada detalhadamente. Foram expressas preocupações sobre as consequências humanitárias da crise migratória […] Vladimir Putin e Angela Merkel concordaram em continuar o diálogo sobre este assunto”, declarou o Kremlin em um comunicado.
Adicionalmente, o presidente russo propôs “estabelecer uma discussão dos problemas” diretamente entre Minsk e Bruxelas.
Recentemente, o ministro da Defesa da Polônia, bem como as autoridades policiais polonesas, reportou que na terça-feira (9) vários grupos de migrantes tentaram forçar sua passagem da fronteira entre os dois países.