Deputado Robinson Almeida conclama baianos a abraçar luta antiracista: “atitude indispensável”

Foto: Daniel Ferreira/ Divulgação

Racismo no Brasil ficou ainda mais evidente com Bolsonaro, critica deputado

O deputado estadual Robinson Almeida (PT) conclamou os baianos, durante a 42° Marcha da Consciência Negra, em Salvador, neste sábado, 20 de novembro, a abraçar a luta antiracista e contra toda forma de opressão e retrocesso no Brasil. O parlamentar também criticou os últimos acontecimentos no Colégio Estadual Thales de Azevedo e nas Escolas particulares Sartre, Vitória Régia e Cândido Portinari no mês da luta contra o racismo na Bahia, estado com o maior percentual de população negra fora do continente africano. Robinson avaliou que o racismo no Brasil ficou ainda mais evidente com Bolsonaro na presidência da República, com o presidente legitimando o discurso de ódio e preconceito na sociedade brasileira.

“É inadmissível os últimos acontecimentos que tomamos conhecimento em Salvador. Não podemos fechar os olhos para esses absurdos, inadmissíveis. É preciso que todos os baianos abracem a causa antiracista e a luta contra a agenda conservadora do bolsonarismo, que é escravocrata e extremamente retrógrada”, afirmou Robinson. “Temos que aglutinar força para derrotar essa agenda intolerável, racista, que impõe a exclusão, a desigualdade, o desemprego, a fome e a violência ao povo brasileiro. A democracia brasileira precisa dessa nova abolição”, enfatizou o parlamentar.