Dia Mundial da Esclerose Múltipla – live global em 30 de maio irá conectar pessoas que vivem com a doença

O evento com transmissão ao vivo contará com influenciadores do Twitch e tem como objetivo aumentar a conscientização e arrecadar fundos para a Federação Internacional da Esclerose Múltipla

  • A Esclerose Múltipla é uma doença que afeta 2,5 milhões de pessoas em todo o mundo1 e 35 mil brasileiros²

A Merck, empresa líder em ciência e tecnologia, em parceria com a Twitch, plataforma de streaming, anuncia uma live especial em comemoração ao Dia Mundial da Esclerose Múltipla, no dia 30 de maio, a partir das 13h. A transmissão será de 8 horas, com influenciadores do Twitch e convidados especiais, incluindo especialistas e três pessoas que vivem com esclerose múltipla, e irá arrecadar fundos para a Federação Internacional da Esclerose Múltipla (FIEM).

O objetivo do evento é aumentar a conscientização global e a compreensão do impacto da esclerose múltipla (EM), que afeta 2,5 milhões de pessoas em todo o mundo1, dos quais 35 mil são brasileiros2. Pesquisas recentes da MS Society UK sugerem que 3 em cada 5 pessoas com EM experimentam a solidão como resultado direto de sua condição³.

“Como parte da parceria com o Twitch, a Merck anunciou que doará até €50.000 (aproximadamente R$ 209.000,00) para o FIEM. A doação será realizada pela Merck de acordo com o número de compartilhamentos das postagens realizadas no Dia Mundial da EM (30/05), na página global da @MerckHealthcare no Twitter e na página Healthcare Business of Merck no Linkedin, usando as hashtags #MSConnections e #MSInsideOut.

Para conferir a programação e assistir à transmissão ao vivo no dia 30 de maio, a partir das 13h (6pm CEST) cadastre-se no Twitch. Os destaques também serão mostrados em www.twitch.tv.

Programação

ü  13h – 15h: YogsCast com Luke Thomas, Chefe de Parcerias e Engajamento do FIEM, discutindo o Dia Mundial da EM juntamente com Ed, jogador que vive com esclerose múltipla.

ü  15h – 17h: NickEh30 com Eddie Martucci e Adam Gazzaley, co-fundadores da Akili Interactive, uma empresa que está pesquisando e criando videogames para problemas cognitivos, e o jogador Hamish, discutindo como plataformas como o Twitch podem ajudar a conectar pessoas.

ü  17h – 19h: BrookeAB com Trishna, paciente de EM, discutindo a importância de permanecer fisicamente ativo.

ü  19h – 21h: Swiftor com o jogador Hamish, que convive com EM, discutindo como plataformas como o Twitch podem ajudar a conectar pessoas.

Nova opção aos pacientes

No Brasil, em setembro de 2019, a Merck teve aprovado o tratamento oral de curta duração e com efeito de longo prazo para pacientes adultos com esclerose múltipla remitente altamente ativa. A aprovação da cladribina oral, com nome comercial MAVENCLAD®, pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para o tratamento de pacientes com esclerose múltipla, aconteceu em 68 países, incluindo Estados Unidos, União Europeia, México e Argentina.

Sobre a Esclerose Múltipla

A esclerose múltipla (EM) é uma condição inflamatória crônica do sistema nervoso central e é a doença neurológica não traumática e incapacitante mais comum em adultos jovens. Estima-se que aproximadamente 2,5 milhões de pessoas em todo o mundo têm EM1, dos quais 35 mil são brasileiros2. Embora os sintomas possam variar, os mais comuns da EM incluem visão turva, dormência ou formigamento nos membros e perda de força e coordenação. As formas recorrentes de EM são as mais comuns.

Sobre a Merck

A Merck é uma empresa líder em ciência e tecnologia em Saúde, Life Science e Performance Materials. Cerca de 57.000 colaboradores trabalham para fazer uma diferença positiva na vida de milhões de pessoas todos os dias, criando maneiras de viver mais qualitativas e sustentáveis. Desde o avanço das tecnologias de edição de genes e a descoberta de maneiras únicas de tratar as doenças mais desafiadoras até a viabilização do uso da inteligência dos dispositivos, a Merck está presente. Em 2019, a Merck gerou vendas de € 16,2 bilhões em 66 países.

A exploração científica e o empreendedorismo responsável foram essenciais para os avanços tecnológicos e científicos da Merck. Foi assim que a empresa prosperou desde a sua fundação em 1668. A família fundadora continua sendo a proprietária majoritária da empresa de capital aberto. A Merck detém os direitos globais do nome e da marca Merck, com exceção dos Estados Unidos e Canadá, onde os setores de negócios da Merck operam como EMD Serono na área da saúde, MilliporeSigma em ciências da vida e EMD Performance Materials. Para saber mais, acesse www.merck.com.br e siga-nos no Facebook (@grupomerckbrasil), Instagram (@merckbrasil) e LinkedIn (Merck Brasil).

Referências

1  Federação Internacional de Esclerose Múltipla. Disponível em https://www.msif.org/about-us/who-we-are-and-what-we-do/advocacy/atlas/atlas-of-ms-faqs/. Acessado em maio de 2020.

2 ABEM – Associação Brasileira de Esclerose Múltipla. [Online]. Disponível em: http://abem.org.br/esclerose/o-que-e-esclerose-multipla/. Acessado em maio de 2020.

3   Loneliss Report. MS Society. Disponível em https://www.mssociety.org.uk/what-we-do/news/loneliness-report. Acessado em maio de 2020.

 

Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui