Divulgado o resultado do edital para a implantação de unidades de produção agroecológica em quilombos e terreiros

Foto: Divulgação

Saiu o resultado do Edital Sistema PAIS Quilombola e Comunidades de Terreiro, que visa à implantação de 60 unidades de Produção Agroecológica Integrada e Sustentável (PAIS) em comunidades quilombolas e povos de terreiro da Bahia.

A ação é do Governo do Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), em parceria com a Secretaria de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi).

No total, serão investidos mais de R$1,3 milhão em comunidades Quilombolas e Povos de Terreiro, dos Territórios de Identidade de Metropolitano de Salvador, Recôncavo e Baixo Sul, em três lotes, cada um contendo 20 Sistemas PAIS.

Foram contempladas as organizações Barriguda – Centro de Desenvolvimento Socio Ambiental, ONG Alvorecer, Associação Áwá Ações Afirmativas, Humana – Povo para o Povo Brasil, Associação Nacional Cultural de Preservação do Patrimônio Bantu (Acbantu), Unisol Bahia, Associação da Comunidade Quilombola do Brejo Grande ACQBJ, Cooperativa dos Agricultores e Agricultoras Familiares de Camamu, Associação Cultural e Religiosa Terreiro Caxuté, Associação Quilombola da Comunidade dos Cágados de Ituberá, Associação Civil Filhos de Bárbara (ACFBA) e Centro de Assessoria do Assuruá (CAA).

Mais informações confira no site: www.car.ba.gov.br.

Ascom SDR/CAR