Drones atacam base síria que hospeda tropas norte-americanas; local foi evacuado

© AP Photo / Hammurabi's Justice News

De acordo com relatos locais, até cinco drones estavam envolvidos no ataque a guarnição norte-americana em Al-Tanf nesta quarta-feira (20) , incluindo pelo menos um drone-suicida. Não há relatos de vítimas no momento.

O bombardeio realizado pelos drones teve como alvo a base militar de Al-Tanf, localizada dentro da área de 55 quilômetros sob o controle da coalizão internacional perto da fronteira da Síria com o Iraque e a Jordânia.

Não se sabe ainda quem é o responsável pelo ataque. Um porta-voz do Comando Central dos EUA (USCENTCOM, na sigla em inglês) disse à Sky News Arabia que as avaliações iniciais sugeriam que “milícias apoiadas pelo Irã” haviam atacado a base. No entanto, o porta-voz indica que mísseis, não drones, foram usados.

A base é mantida por tropas norte-americanas desde o início de 2016, quando a base foi usada para treinar os chamados “rebeldes moderados” que lutavam contra o governo sírio do presidente Bashar al-Assad.

Na semana passada, um ataque aéreo da Força Aérea israelense atingiu uma infraestrutura perto da cidade de Palmira, antiga cidade na província de Homs, cerca de 210 quilômetros a leste de Damasco. Um soldado do Exército Árabe Sírio morreu e outros três ficaram feridos.

O ataque ocorreu no momento em que duas aeronaves civis passavam pela área, de forma que os militares sírios decidiram não usar sistemas de defesa aérea para rechaçar o ataque.

Fonte: Sputnik Brasil