Dúvida sobre qual curso fazer não pode ser vista como lacuna por quem fará o ENEM

Foto: Divulgação

Falta pouco mais de três meses para a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Nos dias 21 e 28 de novembro, cerca de três milhões de estudantes no país darão um importante passo em busca do sonho de cursar a universidade. Alguns já se inscrevem sabendo em qual curso desejam ingressar. Mas, milhares de outros candidatos têm dúvida sobre qual carreira seguir.

A psicóloga e orientadora pedagógica da 1ª e 2ª série do ensino médio no Colégio Cândido Portinari, Margarida Serrão, explica que não saber qual carreira seguir é uma dúvida comum entre os estudantes, mas reforça que não há problema em fazer uma prova do tamanho do ENEM sem saber o curso em que vai ingressar. “O exame não está ligado a uma tomada de decisão. Esse processo ocorre de verdade no SiSU, por exemplo. Portanto, há um período hábil para leituras, estudos e conversas com profissionais antes da escolha”, explica Serrão.

“Vale participar de eventos, conversar com um psicólogo, um professor ou até mesmo com profissionais que já atuam no mercado. Eles são interlocutores importantes para quem sente que precisa de um auxílio e tem dúvida sobre o que deseja fazer na vida profissional”, acrescenta a psicóloga.

Fórum de Profissões

Com o intuito de contribuir com essa fase escolar, o Colégio Cândido Portinari vai realizar, a partir desta quinta-feira (29/07), a 25ª edição do Fórum de Informação Profissional Online, um ciclo de palestras sobre segmentos variados do mercado de trabalho, online e com acesso gratuito aos alunos. A abertura será feita pelo coordenador do Ensino Médio da instituição, Rodolfo Bobadilla, e participação do diretor pedagógico do Grupo Inspira e professor de Química, Jonas Stanley, com o tema “ENEM, SiSU e TRI… O que mudou no vestibular? Quais as consequências dessas mudanças?”.

“Como muitas profissões estão ligadas ao ensino superior, o ENEM é um caminho meio que obrigatório para os alunos que buscam realizar o sonho da Universidade. Por isso, nosso primeiro encontro terá dicas especiais sobre como fazer a prova e levar alertas sobre como a mecânica do sistema de aplicação e correção da prova”, detalha Rodolfo Bobadilla. As demais palestras serão ministradas por profissionais que estudaram no Portinari.