Eduardo Bolsonaro ajudou Allan dos Santos a fugir para os EUA

Allan dos Santos e Eduardo Bolsonaro (Foto: Reprodução)

O deputado Eduardo Bolsonaro ajudou o blogueiro Allan dos Santos, do Terça Livre, a fugir para os Estados Unidos, segundo mensagens interceptadas pela Polícia Federal, compartilhadas com a CPI da Covid e obtidas pela Folha de S.Paulo.

O jornalista de extrema direita é investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em dois inquéritos: para apurar disseminação de fake news e para identificar quem financia as ações.

Allan dos Santos deixou o país em julho de 2020, cerca de um mês após os diálogos com o filho de Jair Bolsonaro.

“Nos diálogos, ocorridos em junho de 2020, o filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pede dados do passaporte de Allan e de sua família e pergunta o que ele precisa. Após a resposta, ele acompanha o trâmite do processo, pedindo a Allan o número do protocolo na PF e data de agendamento”, diz a Folha.

Confira as mensagens trocadas

SEM DATA

Eduardo:

“Allan

Me passa o passaporte

Seus filhos

Seu, sua esposa

O que vc precisa” (16:22)

Allan responde:

“Ok (16:23)

Passaporte: só eu tenho

E minha esposa: passaporte expirado.

Trump está ligando para seu pai às 17h” ( 16:24)

Em outro momento, o deputado federal afirma:

“Preciso do nº do protocolo desses atendimentos p passaporte

E para qnd está agendado a retirada do passaporte ou a ida para tirar a foto, enfim, uma ida à PF” (16:36)

Allan dos Santos então afirma que as informações estavam no computador apreendido:

“Estava tudo no Cel​

Ou no computador apreendido” (16:39)

DIA 2.jun.2020

Encaminha os números dos protocolos e os nomes

DIA 4.jun.2020

Allan dos Santos complementa o comentário com os dados dos protocolos: “Viu isso aqui?” (15:02)

DIA 8.jun.2020

“Fala, Duda (13:56)

Alguma novidade da PF (13:56)

Fonte: Brasil 247