Eleito por Moro, Bolsonaro diz que ex-juiz parcial quebrou empresas com a Lava Jato e depois advogou para elas

(Foto: ABR)

Por Mayara Oliveira, Metrópoles – O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a criticar, nesta terça-feira (23/11), o seu ex-ministro Sergio Moro (Podemos). Segundo o chefe do Executivo, ao deixar o governo, o ex-juiz voltou a advogar “para empresas que praticamente quebraram por ações” da operação Lava Jato.

Durante entrevista à rádio Portal Correio, da Paraíba, Bolsonaro também declarou que não está preocupado com a candidatura de Moro à Presidência.

“Ele voltou à vida dele. Voltou a advogar para empresas que praticamente quebraram por ações deles. Mas tudo bem. É um direito de ele vir candidato. Mas como ele nunca conversou com ninguém, eu queria ver ele no carro de som, de ver como ele vai falar com a população. Não estou preocupado, não. O povo que escolha o que seja o melhor”, declarou Bolsonaro.

Leia a íntegra no Metrópoles.

Fonte: Brasil 247