EUA: Bernie Sanders quer bloquear a venda de armas para Israel

© AP Photo / Michael Reynolds

O senador Bernie Sanders apresentou uma proposta nesta quinta-feira (20) para interceptar a vendas de armas dos EUA para Israel enquanto o conflito no Oriente Médio se intensifica.

O democrata quer impedir a recente venda de US$ 735 milhões (cerca de R$ 3,02 bilhões) em armas dos EUA para o Ministério da Defesa de Israel.

“Acredito que os Estados Unidos devem ajudar a liderar o caminho para um futuro pacífico e próspero para israelenses e palestinos”, disse Sanders em um comunicado.

“Precisamos examinar com atenção se a venda dessas armas está realmente ajudando nisso ou se está simplesmente alimentando o conflito”, concluiu.

A resolução de Sanders reflete a frustração que os democratas expressaram nos últimos dias com o governo Biden, escreve a Fox News.

O projeto de Bernie Sanders irá para votação em uma espécie de regime de urgência. A resolução só precisaria de uma maioria simples para ser aprovada no Senado e na Câmara.

Porém, se Biden vetasse a resolução, seria necessária uma maioria de dois terços em ambas as câmaras para sobreviver. O Congresso nunca conseguiu bloquear a venda de armas por meio de uma resolução conjunta de desaprovação.

Senador americano Bernie Sanders
© AP PHOTO / MATT ROURKE Senador americano Bernie Sanders

Em um passado recente, o Congresso tentou bloquear as vendas de armas do ex-presidente Trump para a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos, mas Trump vetou essas três resoluções em 2019 e as vendas no valor de mais de US$ 8 bilhões (cerca de R$ 42,1 bilhões) foram aprovadas.

O Congresso foi formalmente informado em 5 de maio de uma venda de US$ 735 milhões (cerca de R$ 3,02 bilhões) em armas ao Ministério da Defesa de Israel.

De acordo com as regras parlamentares, as autoridades eleitas têm até quinta-feira (20) para apresentar uma resolução de oposição e aprová-la. Mas os defensores da resolução dizem que uma votação pode ser organizada mesmo depois dessa data.

Fonte: Sputnik Brasil