Família de agressor de jornalistas recebe auxílio emergencial; filho cursa medicina em uma faculdade particular no exterior

Foto: Reprodução Noticia Capital

Além dos 869 servidores da prefeitura de Itamaraju que estão recebendo indevidamente o auxílio emergencial por estarem com emprego formal, na lista também aparecem alguns casos ilegais de familiares de secretários inscritos no programa.

É o caso da esposa e dois filhos do Secretário de Obras de Itamaraju, Antonio Charbel, conhecido como “Tonimaq”, que ganhou repercussão após agredir a jornalista Camila |Marinho da TV Bahia e equipe TV Aratu durante visita de Bolsonaro ao município. A reportagem tenta contato com o secretário Charbel. Sua esposa aparece como sendo beneficiária do programa.

Além da esposa de Tonimaq, também aparecem na lista outros dois filhos do casal, o empresário Charbel Vieira e o estudante Charliesson Vieira, conhecido como “Théo”. Ambos ostentam alto padrão de vida nas redes sociais.

De acordo com publicações das redes sociais, “Théo”, filho mais novo de Tonimaq, está morando fora do país onde cursa uma faculdade particular de medicina. Ele já foi, inclusive, acusado de receber salário da prefeitura de Itamaraju mesmo estando estudando fora do país.

Publicação original do Sudoeste Digital | Reprodução Noticia Capital