Fiscalização eletrônica no trânsito está presente em outros municípios do país

 

Feira de Santana segue o bom exemplo de outros municípios brasileiros que aderiram a fiscalização eletrônica – com uso da tecnologia por videomonitoramento em tempo real – para punir condutores que insistem em cometer infrações, prejudicando a mobilidade urbana.

 

Pelo menos, em rápida pesquisa, foi identificado que 27 municípios já dispõem do sistema por videomonitoramento, como João Pessoa e Campina Grande (Paraíba), Mucugê (Bahia), Recife (Pernambuco) e Sorocaba, em São Paulo.

 

Assim como vem sendo utilizado nestas cidades, em Feira a fiscalização eletrônica vai coibir ultrapassagens indevidas, formação de fila dupla, avanço do sinal, estacionamento irregular, bem como conversões proibidas, as chamadas “roubadinhas”.

 

Os investimentos da administração municipal vão, sobretudo, possibilitar maior segurança de condutores e passageiros. As imagens capturadas por modernas câmeras vão possibilitar ainda quaisquer esclarecimentos acerca de possíveis infrações.

 

“As câmeras que serão instaladas em pontos estratégicos vão garantir disciplina no trânsito e mais transparência no momento de analisar contestações de nulidade da multa”, reitera o superintendente de Trânsito, Cleudson Almeida.

 

Vale destacar que fiscalização através das câmeras está permitida desde 2015, de acordo com a resolução 532 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Os equipamentos serão operados apenas por agentes de trânsito – únicos responsáveis pelas autuações.

 

CIDADES NO PAÍS COM VIDEOMONITORAMENTO

 

Entre as cidades baianas, inclusive de pequeno porte, que aderiram as câmeras para monitorar o trânsito vale citar Mucugê e Catolândia. Outros municípios do país são: João Pessoa e Campina Grande, na Paraíba; Curitiba, no Paraná, e Vitória, no Espirito Santo.

 

Confira abaixo a relação de algumas cidades:

 

Capivari do Sul (RS)

Campina Grande (PB)

Butiá (RS)

São Gabriel (RS)

Taquara (RS)

Itu (SP)

Palotina (PR)

Curitiba (PR)

Vitória (ES)

Ribeirão Preto (SP)

Mogi das Cruzes (SP)

Sorocaba (SP)

Contagem (MG)

Urupá (RO)

Porto Velho (RO)

Fortaleza (CE)

Juazeiro do Norte (CE)

João Pessoa (PB)

São José dos Campos (SP)

São Luís Maranhão (MA)

Teresina (PI)

Goiânia (GO)

Campo Verde (MT)

Cuiabá (MT)

Recife (PE)

Mucugê (BA)

Catolândia (BA)