Fotógrafo cria ação solidária para ajudar instituições que cuidam de pessoas que vivem com HIV

Foto: Divulgação

O fotógrafo e ativista LGBTQIA+ Genilson Coutinho resolveu usar suas fotografias para ajudar entidades que cuidam de pessoas vivendo com HIV, como a Instituição Beneficente Conceição Macedo (IBCM) e a Casa de Apoio e Assistência ao Portador do Vírus HIV/AIDS (CAASAH). As suas fotografias ilustram canecas, que podem ser trocadas por duas latas de leite em pó.

Para que fosse possível realizar essa ação, o fotógrafo recebeu o apoio do Salvador Bahia Airport, integrante da rede Vinci Airports, que custeou 150 canecas. Em paralelo à ação, os funcionários do aeroporto doam cestas básicas para as entidades IBCM e CAASAH.

As canecas trazem cinco atrativos turísticos de Salvador: a Sereia de Itapuã, a Praça Castro Alves, o famoso Bambuzal do Aeroporto, o Cais do Mercado Modelo e o Porto da Barra. Os locais foram escolhidos pelo público por meio de enquete realizada pelo fotógrafo em seu perfil no Instagram (@Genilson_Coutinho).

“Busco, à minha maneira, contribuir sempre e usar meu trabalho nessa corrente de solidariedade. Acredito que cada um vai encontrar um modo de contribuir. O importante é fazer a diferença na vida das crianças, jovens e adultos dessas instituições”, conta Coutinho.

A troca pode ser realizada de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, na sede do Casarão da Diversidade, localizado na Rua do Tijolo, 8, no Pelourinho.