Por Redação – Foto Joá Souza/GOVBA

Neste domingo (7), o governador Jerônimo Rodrigues (PT) esteve em Curaçá para participar da 71ª Festa dos Vaqueiros, onde valorizou a cultura vaqueira. Vestido adequadamente, montou a cavalo e manifestou seu orgulho pelas suas origens. Em suas redes sociais, Jerônimo lembrou que seu pai era vaqueiro em Aiquara, sua cidade natal próxima a Jequié, enfatizando que os baianos podem e devem perseguir seus sonhos.

Em uma publicação nas redes sociais, Jerônimo recordou que seu pai trabalhava como vaqueiro na cidade de Aiquara, sua cidade natal próxima a Jequié. Ele usou suas origens como um exemplo de que os baianos têm o direito e a capacidade de perseguir seus sonhos e alcançar realizações.

“Eu sei de onde vim e tenho orgulho das minhas raízes, e por isso, entendo o valor de cada conquista da nossa gente”, disse o governador.

“O filho do vaqueiro se tornou governador, mas o nosso esforço é para que eu não seja a exceção. O nosso trabalho é para que toda baiana e todo baiano, independente da origem, possa realizar seu sonho e se tornar aquilo que quiser ser”, acrescentou Jerônimo.

A tradicional Festa dos Vaqueiros é realizada anualmente no primeiro final de semana de julho e foi oficialmente reconhecida como patrimônio cultural imaterial do estado da Bahia em 2017. Sua primeira edição ocorreu em 1953, como parte das celebrações pela Independência do Brasil na Bahia, celebrada em 2 de julho.

“Filho de vaqueiro, sei o quanto uma homenagem como essa é significativa. Fico feliz por ser abraçado com tanto carinho por esse município para celebrarmos juntos a nossa cultura. A nossa Bahia é repleta de riquezas”, afirmou Jerônimo.