Hospital Geral Costa das Baleias terá investimento de R$ 200 milhões entre obras e equipamentos

Foto: Reprodução

Atendimento de média e alta complexidade, incluindo tratamento oncológico, 180 leitos, sendo 30 de UTI, e sete salas de cirurgia, com investimento de R$ 200 milhões entre obras e equipamentos são as características do novo Hospital Regional Costa das Baleias, que está  sendo construído pela Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado (Conder) em Teixeira de Freitas, no extremo-sul da Bahia, após  a autorização assinada nesta sexta-feira (5), pelo governador Rui Costa.

Rui afirmou que a Bahia é o estado brasileiro que mais investe em saúde pública.  “Nos últimos 16 anos, construímos 16 hospitais estaduais. Tudo isso está sendo feito na Bahia, o décimo sexto entre os 27 estados brasileiros em arrecadação. Mas estamos há seis anos seguidos em segundo lugar entre os estados com maiores investimentos públicos de forma geral, ficando atrás apenas de São Paulo, que arrecada 7 vezes mais que a Bahia”.

Somente na Costa das Baleias, segundo Rui, estão sendo aplicados R$ 785 milhões. “Nenhum outro governo investiu tanto em saúde, educação, infraestrutura, e a gente vai na contramão do Brasil, fazendo investimento e gerando Emprego. Este hospital vai gerar no mínimo três mil empregos diretos e indiretos.  Além de cuidar da saúde, nós estamos gerando emprego e renda para a população, na construção e na operação do equipamento”.

Importância macrorregional

A secretária da Saúde, Tereza Paim, enfatizou o tamanho e a importância do Hospital da Costa das Baleias. “Este é um hospital de grande porte, com alta tecnologia e de referência macrorregional. São 180 leitos, sendo 30 de UTI, com serviço de hemodinâmica, neurointervenção, intervenção vascular e cardiológica. Isso transforma a assistência da região, faz com que a gente dê equidade de acesso à população”.

Tereza Paim informou que os investimentos na área da saúde na Bahia já passaram dos 30 bilhões de reais. “Nos últimos 16 anos, a saúde foi planejada e executada em médio e longo prazos. São 16 hospitais, além das policlínicas, e ainda teremos mais obras. Isso significa pensar nas pessoas desde a atenção básica até alta complexidade.

Formação de profissionais

Rui destacou que, no Brasil, o número de médicos por habitante é baixo e que, no nordeste e na Bahia, esse número é ainda menor. “Com esse hospital, eu estou caminhando para realizar o meu sonho de integrar as nossas universidades e as nossas unidades de saúde. Eu quero que a Universidade Federal aqui do Extremo Sul da Bahia abrace esse hospital para que se torne também um novo polo de formação de profissionais da Saúde, em oncologia, neurologia, cardiologia, pediatria para termos médicos para a nossa população”.

Outras obras

Ainda no município, Rui autorizou a Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) a firmar R$ 2,52 milhões em convênios para kits de produção, além de dar ordem de serviço para um investimento de R$ 1,4 milhão em abastecimento de água no povoado de Duque de Caxias.

Nova Escola em Tempo Integral

Outra obra importante em Teixeira de Freitas visitada por Rui Costa é a construção do novo Colégio da Polícia Militar. “Estão sendo investidos mais R$ 20 milhões na unidade. Este é o novo padrão de colégio que estamos construindo na Bahia, com 24 salas, biblioteca, laboratório, auditório, teatro, e também equipamentos esportivos. Estamos montando um complexo escolar cultural e Esportivo, com piscina semi-olímpica, campo com grama sintética, pista de atletismo, ginásio coberto. O que nós queremos é o jovem dentro da escola, funcionando em tempo integral”.

Consórcios

O governador, que vai se reunir com os prefeitos dos municípios que formam o Consórcio Construir, de Infraestrutura,  ainda na tarde desta sexta-feira, explicou que os consórcios são a união das prefeituras com o governo do estado para melhorar a saúde e a infraestrutura das regiões. “Agora em novembro nós devemos receber inclusive usinas de asfalto e vamos colocar uma aqui no extremo sul. Também assinei um convênio com o consórcio de Infraestrutura, de R$ 2,5 milhões, por meio do programa Bahia produtiva, para apoiar os agricultores familiares aqui da região”.

Rui lembrou que, no próximo dia 17 de novembro, faz quatro anos que a primeira Policlínica Regional de Saúde foi inaugurada em Teixeira de Freitas, através do Consórcio.  “E hoje, ao longo desse período, já concluímos 23 policlínicas espalhadas pela Bahia. E até o final do ano que vem, nós deixaremos funcionando 26 policlínicas regionais”.

O presidente do Consórcio Intermunicipal de Saúde do extremo-sul e prefeito de Caravelas, Silvio Ramalho, afirmou que a construção da unidade é a realização de um sonho.  “Não só para Teixeira de Freitas, mas para toda a nossa região, porque hoje nós temos aqui a primeira Policlínica da Bahia,e lá são realizados todos os exames. Mas nos faltava um lugar para o atendimento hospitalar à população e isso está sendo proporcionada por este novo grande hospital que está sendo construído”.

Fonte: Portal GOV BA (Repórter: Raul Rodrigues)