Houthis atacam aeroporto na Arábia Saudita e incendeiam avião

© AP Photo / Amr Nabil

Coalizão liderada pela Arábia Saudita afirma que rebeldes houthis lideraram ataque no Aeroporto Internacional de Abha, causando incêndio em uma aeronave civil.

Nesta quarta-feira (10), um grupo de rebeldes houthi do Iêmen alvejaram o Aeroporto Internacional de Abha, no sudoeste da Arábia Saudita, fazendo com que um avião civil na pista pegasse fogo, informou a televisão estatal saudita Al-Ekhbariya TV, reportou a agência AP News.

Os bombeiros já conseguiram controlar o incêndio e no momento não há dados sobre possíveis vítimas do ataque.

“Aconteceu um ataque terrorista covarde da milícia houthi no Aeroporto Internacional de Abha […]. Um avião civil dentro do aeroporto foi exposto a um incêndio que já foi controlado”, disse a Al-Ekhbariya TV citada pela mídia.

Os houthis assumiram a responsabilidade pelo ataque logo depois, com o porta-voz militar, Yehia Sareai, dizendo que o grupo usou quatro drones carregados de bombas para atingir o aeroporto.

“Essa seleção de alvos vem em resposta ao contínuo bombardeio aéreo e ao cerco brutal ao nosso país”, disse Sareai, observando que os houthis consideram o aeroporto um alvo militar e não civil, segundo a mídia.

O coronel Turki al-Maliki, porta-voz da coalizão militar liderada pelos sauditas que lutava no Iêmen, condenou o ataque como uma “tentativa sistemática e deliberada de alvejar civis”.

O ataque no final da tarde desta quarta-feira (10), foi o primeiro a impactar uma aeronave civil nas instalações do aeroporto, embora a extensão dos danos permaneça desconhecida. Sites de rastreamento de voos mostraram voos atrasados ​​e cancelamento de decolagem e pouso em Abha.

Na segunda-feira (8), a coalizão militar saudita declarou que abateu dois drones carregados de bombas lançados por houthis no sul do país.

 

Fonte: Sputnik Brasil