Illy anuncia novo álbum com faixa-título “O que me cabe”

Foto: Divulgação

Música inédita foi um presente de Adriana Calcanhotto, ganhou arranjo inspirado em Silvanno Salles e mixagem de Michael Brauer

“No espelho dor. No escuro dor. No silêncio dor. Dói a felicidade”. Os versos de “O que me cabe”, single que Illy lança hoje (15), são extremamente sofridos, fazendo a faixa ser uma daquelas de cortar o coração. Justamente por isso, a baiana escolheu o universo do arrocha para ambientar o cartão de visitas do seu terceiro álbum de estúdio.

Composta por Adriana Calcanhotto e produzida por Guilherme Lirio, a faixa chega nos aplicativos de música através do selo Alá com distribuição da Altafonte. Até o final do ano, a cantora planeja lançar um single por mês. O álbum completo está previsto para o início de 2022.

“Cada palavra da letra desta música dói lá no fundo. Por isso a gente pensou em trazer pra sofrência, com células da bachata e inspiração no arrocha da Bahia, mais especificamente em Silvanno Salles”, conta Illy. ” É difícil realizar que Adriana fez uma música para eu gravar. Achei ela tão linda que prontamente virou título e deu todo o rumo do disco”, adianta.

O projeto tem direção artística da própria Illy, que escolheu 11 diferentes produtores para as 13 músicas. Além de Lirio, Ana Frango ElétricoIuri Rio Branco KassinMarcelo CostaGuto WirtiPupiloMoreno VelosoGabriel LoddoPaulo Mutti e Marlon Sette compõem o time. A mixagem fica por conta de Michael Brauer, engenheiro de som que tem no currículo nomes como Aretha Franklin, Rolling Stone e Coldplay.

 

FICHA TÉCNICA

Voz: Illy

Baixo, guitarras, programação, percussão eletrônica, sintetizadores, teclados e edição – Guilherme Lirio

Gravado em Casa de Lirio e Estúdio T

Mix: Michael Brauer

Master: Edu Costa