Lançado programa que visa aumento da produtividade e do valor de caprinos na Bahia

Foto: Divulgação

Para inovar os sistemas produtivos de ovinos e caprinos por meio da integração entre produtor criador e a indústria integradora foi lançado, nesta sexta-feira (17), o Programa de Integração Campo Indústria de Cordeiros e Cabritos (Rede Procampi). O evento foi realizado durante a 12ª Feira Baiana da Agricultura Familiar e Economia Solidária, que acontece até domingo (19), no Parque Costa Azul, em Salvador.

O Programa é resultado da ação do projeto do Governo do Estado, Bahia Produtiva, que tem como propósito fortalecer a ovinocaprinocultura, em parceria com o FrigBahia, frigorífico especializado na produção e comercialização de carnes especiais de cordeiros e cabritos, localizado em Pintadas.

Na oportunidade, já foram firmados os primeiros acordos de cooperação com a Cooperativa Agroindustrial Pintadas (Cooap), Cooperativa Ser do Sertão (Ser do Sertão), Cooperativa de Produtores do Semiárido da Bahia (Coopsemiárido), Central de Comercialização das Cooperativas da Caatinga (Central da Caatinga), Cooperativa Agropecuária Mista de Oliveira dos Brejinhos e Região (Agropasto), e Cooperativa dos Produtores de Caprinos e Ovinos União Rio de Contas (Uniagro).

O programa irá selecionar inicialmente 1.100 criadores e promete dar sustentabilidade às pequenas unidades de produção rural, bem como às cooperativas e agroindústrias. O objetivo é de melhorar os preços praticados para o produtor, por meio do aumento da produtividade dos rebanhos de caprinos e ovinos.

Para o diretor-presidente da CAR, Wilson Dias, esse é um marco. “Estamos mudando a história da agricultura familiar hoje com o lançamento desse programa, que organiza de trás pra frente toda a cadeia de produção e o   mercado com um produto qualificado. Vamos avaliar e monitorar essa rede para em breve organizar ainda outras redes de produção e comercialização, com a mesma filosofia, que é de gerar renda para o agricultor”.

O presidente do FrigBahia, Wanderley Gomes, explicou as especificações do programa e afirmou a importância de unir esforços. “Estamos lançando o primeiro programa de integração da agricultura familiar do Nordeste. Uma inovação. É o primeiro do Brasil e quiçá do mundo. Um papel que nos traz responsabilidade diante de nossos produtores. Cooperar é melhor que competir separados e juntos vamos fazer história”.


Ascom SDR/CAR