Médica Mayra Pinheiro, a “capitã cloroquina”, será condecorada por Jair Bolsonaro

Mayra Pinheiro (Foto: Anderson Riedel/PR | Reuters)

Sputnik – O presidente Jair Bolsonaro (PL) concederá na sexta-feira (5) uma honraria a Mayra Pinheiro, médica que ficou conhecida como “capitã cloroquina” durante a CPI da Covid. As informações foram confirmadas pelo jornal O Globo.

Ela receberá a Ordem do Mérito Médico, uma condecoração criada em 1950 que tem como intuito premiar médicos que tenham prestado serviços notáveis ao país.

Enquanto secretária do Ministério da Saúde, Pinheiro foi ouvida e indiciada pela CPI da Covid por crime de epidemia com resultado de morte, prevaricação e crime contra a humanidade.

A médica defendia o uso da cloroquina como tratamento para o coronavírus e chegou a participar do desenvolvimento de um aplicativo do governo federal que recomendava o medicamento, comprovadamente sem eficácia.

Ela também ganhou notoriedade pela defesa do “tratamento precoce”, um coquetel de medicamentos sem eficácia para tratar o vírus da Covid-19.

Em uma longa entrevista à Sputnik Brasil em julho do ano passado, Mayra Pinheiro falou sobre a CPI e confirmou que teve uma reunião com Luís Faro Ramos, embaixador de Portugal em Brasília, para tratar de temas como tratamento precoce contra Covid-19 e uso de cloroquina.