Ministério da Saúde do Brasil confirma a compra de mais 54 milhões de doses da CoronaVac

© Folhapress / Bruno Rocha /Fotoarena

O Ministério da Saúde confirmou nesta sexta-feira (29) a compra de 54 milhões de doses da CoronaVac, fabricada pelo Instituto Butantan, em São Paulo.

A informação foi publicada em uma nota oficial no site do Ministério da Saúde.

“O Ministério da Saúde confirma a opção de compra de mais 54 milhões de doses da vacina CoronaVac contra a COVID-19 junto à Instituto Butantan, atendendo ao previsto no contrato firmado entre as partes. Junto às 46 milhões de doses já adquiridas, o Governo Federal garante, com antecedência, 100 milhões de doses da CoronaVac ao Plano Nacional de Imunizações (PNI)”, escreveu a pasta.

A CoronaVac é produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

“O Ministério da Saúde vai firmar o contrato de compra junto ao Instituto na semana que vem. Além disso, a pasta está solicitando a antecipação do registro da vacina junto à Anvisa, para ampliar a vacinação para toda a população brasileira”, completou o Ministério da Saúde.

Nesta sexta-feira (29), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que recebeu o pedido de registro definitivo da vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Segundo a Anvisa, o prazo máximo para a análise de registros de medicamentos de categoria prioritária é de 120 dias, contados a partir da data de priorização.

 

Fonte: Sputnik Brasil