Miomas podem atingir até metade das mulheres e causar infertilidade se não tratados corretamente

Foto: Reprodução/ Art Fertil

Um problema comum e bastante silencioso. Os miomas atingem em média de 33 a 50% das mulheres em idade reprodutiva. Eles nada mais são que tumores benignos que se desenvolvem pelo crescimento anormal de células do próprio músculo uterino da mulher e, se não observados, podem chegar a causar a infertilidade.

O risco está no fato de que muitas dessas mulheres demoram em identificar a doença. Boa parte delas não realiza acompanhamentos constantes com especialistas e, simplesmente confunde os sintomas dos miomas, com aqueles da menstruação. “Como em tudo o que envolve saúde, o mais recomendado é que a mulher conheça seu próprio corpo e seja capaz de identificar quando algo está fora do eixo. Se o plano for ter filhos no futuro, não demorar de investigar cada detalhe associado”, alerta a médica do IVI SalvadorDra. Andreia Garcia.

O mioma pode causar infertilidade devido ao seu tamanho ou ainda por causa da sua localização. Ambos os fatores podem deformar a cavidade endometrial, comprometendo a gestação. Além disso, alguns tipos de miomas – como os submucosos – aumentam ainda as chances de aborto de repetição.

Mioma, Gravidez e Reprodução Humana

De modo geral, miomas estão associados a uma redução de 15% nos índices de gravidez. Em muitos casos de infertilidade, os miomas, entretanto não são problemas únicos. Normalmente eles estão associados a outras doenças – como a endometriose – que prejudicam os planos das mulheres, de gerar uma criança. “A mulher na idade reprodutiva deve redobrar os cuidados com sua saúde. Muitas vezes os miomas estão relacionados a problemas de saúde mais sérios, e por serem assintomáticos terminam passando despercebidos”, explica Dra. Andreia.

Ainda assim, depois de uma investigação, caso a infertilidade persista, é possível fazer uso de alguma das técnicas da reprodução assistida, para que a mulher siga com o sonho de ser mãe. Entre as mais usadas hoje em dia – inclusive por pacientes que terminaram se tornando inférteis devido aos miomas – está a Fertilização In Vitro, que tem taxas de sucesso crescentes ao longo do tempo. E para os casos das mulheres que descobrem e tratam miomas, mas que desejam postergar a gestação por estarem ainda se dedicando à carreira é indicado que preservem a sua fertilidade com o congelamento de óvulos.

Miomas – sintomas e tratamentos

Alguns dos sintomas mais comuns apresentados por mulheres que desenvolvem miomas são sangramento intenso durante a menstruação, fortes cólicas, urgência de urinar, dor abaixo do umbigo ou ainda a sensação de pressão na região e também, dor durante a relação sexual. Porém, a ausência de sintomas também pode ser comum.

O problema costuma ser identificado por meio de exames clínicos ou de imagem, como a ultrassonografia transvaginal ou a ressonância magnética da pelve. Embora ainda não se saiba ao certo o que causa o seu aparecimento, os médicos reconhecem uma estreita relação entre o desenvolvimento do tumor e o aumento dos hormônios femininos estrogênio e progesterona.

Para tratar os miomas, existem duas vertentes. Uma delas cuidando dos sintomas causados pelo problema e a outra é atuando diretamente no foco do mioma. A primeira opção é medicamentosa, combatendo a dor. Já no segundo caso, quando o foco é tratar o próprio mioma, pode ser necessário cirurgia, de preferência, a miomectomia. A miomectomia deve ser preferencialmente por via laparoscópica, mas em alguns casos, só resta à cirurgia aberta tradicional.

 

Sobre o IVI – RMANJ

IVI nasceu em 1990 como a primeira instituição médica em Espanha especializada inteiramente em reprodução humana. Desde então, ajudou a criar mais de 200.000 crianças, graças à aplicação das mais recentes tecnologias em Reprodução Assistida. No início de 2017, a IVI fundiu-se com a RMANJ, tornando-se o maior grupo de Reprodução Assistida do mundo. Atualmente tem 60 clínicas em 9 países e é líder em Medicina Reprodutiva. Em 2020, a unidade IVI Salvador completa 10 anos. https://ivi.es/ – http://www.rmanj.com/