Mundo terá de enfrentar o coronavírus até o final de 2021, alerta a OMS

Dr. Michael Ryan. Foto: Reprodução/ Brasil 247

“Acho que será muito prematuro, e irrealista, pensar que vamos debelar este vírus até o final do ano”, disse o Dr. Michael Ryan, diretor executivo do Programa de Emergências de Saúde da OMS, em uma coletiva de imprensa na segunda-feira.

“Mas acho que podemos, se formos inteligentes, acabar com as hospitalizações, as mortes e a tragédia associada a esta pandemia”, disse ele.

O Dr. Soumya Swaminathan, cientista-chefe da OMS, acrescentou que “o objetivo da COVAX é pôr fim à fase aguda da pandemia até o final de 2021”.

A COVAX é um programa liderado pela OMS, Gavi (a Vaccine Alliance) e a Coalition for Epidemic Preparedness Innovations (CEPI) com o objetivo de distribuir vacinas em todo o mundo.

“Ainda enfrentamos um grande desafio para lançar vacinas de forma equitativa e justa para aqueles que mais precisam delas em todo o mundo”, disse Ryan.

“Estamos em uma posição muito melhor do que estávamos. Mas nada está garantido”, acrescentou.

Enquanto o mundo luta para conter a pandemia, a vacinação está em andamento em alguns países com as vacinas já autorizadas.

Enquanto isso, 256 vacinas candidatas ainda estão sendo desenvolvidas em todo o mundo – 74 delas em testes clínicos – em países como Alemanha, China, Rússia, Grã-Bretanha e Estados Unidos, de acordo com informações divulgadas pela OMS em 26 de fevereiro, informa o Diário do Povo.

 

Fonte: Brasil 247