“O Brasil de Bolsonaro está cada vez pior”, diz Suíca sobre avanço da fome

Foto: Divulgação

Cenas de famílias catando restos de comida, alimentos podres e pedindo ajuda nas ruas voltaram a ser comuns no país, de acordo com o vereador de Salvador Luiz Carlos Suíca (PT). Nesta terça-feira (19), o edil petista repercutiu um dos casos mais recentes que tomou as redes sociais no início desta semana com oito pessoas avançando em caminhão de lixo para procurar alimento e responsabilizou o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pelo avanço da fome. O caso, segundo informações divulgadas amplamente, aconteceu em bairro nobre de Fortaleza, capital do Ceará, e chocou organizações, políticos e movimentos sociais.

“Esse é o Brasil de Bolsonaro, que está cada vez pior. Fome, miséria e corrupção. Enquanto o povo pobre deste país passa fome ou se submete a esse tipo de situação, a família de Bolsonaro vai para Dubai, tirar foto e aparecer nos stories de redes sociais. É um descaso total com o país, com a nossa história e com nosso povo. Atualmente, presenciamos inúmeras cenas lamentáveis, principalmente nas capitais. Em Salvador, não é diferente, famílias inteiras morando nas ruas, pedintes aumentaram significativamente. Foram milhões de famílias que deixaram de fazer parte de algum programa social, sem contar no fim de políticas de segurança alimentar e nutricional. O país está afundando rapidamente”, dispara Suíca.

No Dia Mundial da Alimentação, comemorado no último sábado (16), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou a comemorar na véspera, afirmando que independentemente da quantidade de alimentos produzidos pelo Brasil, “se o povo não tiver dinheiro, não come”. Lula ainda reforçou que a “elite brasileira sabe da fome por leitura”. Conforme o relatório mais recente da Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (PenSSAN), 55,2% da população não necessariamente come três refeições ao dia. Ainda de acordo com o levantamento, mais de 19 milhões de brasileiros encontram-se em privação extrema dos alimentos.

Ascom do vereador Luiz Carlos Suíca