Os Gilsons lançam “Pra Gente Acordar, O filme” com narração de Gilberto Gil

Foto Zabenzi/ Divulgação

O material audiovisual, que conta com a direção de Pedro Alvarenga, é uma declaração de amor à Salvador

Após o sucesso do disco de estreia “Pra Gente Acordar“, os Gilsons, trio formado por José GilJoão Gil e Francisco Gil, agora apostam na versão audiovisual do álbum com o curta “Pra Gente Acordar, O Filme“. As cenas são narradas pela maior referência da banda, Gilberto Gil e passeiam entre temas existenciais como a dualidade. O filme, dirigido por Pedro Alvarenga, velho parceiro dos Gilsons, é uma exaltação à Bahia e chega nesta quarta-feira, meio dia no Youtube.

Momentos antes, um bate papo da turma com Teresa Cristina vai falar sobre a produção, a carreira dos meninos e do álbum. O filme se passa em 2002, durante a Copa do Mundo do penta do Brasil, e traz à tona a história de dois amigos: um menino e um velho cadeirante, que vivem intensamente os últimos dias de vida do ancião. A história é uma grande homenagem à cultura soteropolitana e aos encantos daquela cidade.

Aliás, a capital baiana é cenário para todo o curta, assim como o elenco que é formado só por pessoas locais trazendo uma ficção mais próxima possível da realidade. “Para montar esse filme contamos com toda a nossa base na Bahia, tanto elenco como produção. Quero inclusive exaltar o Alberto Pita, que fez a cadeira de rodas do personagem principal. Tivemos esse olhar cuidadoso de deixar exaltar a cultura de Salvador através do olhar genuíno”, explicou Francisco Gil.

O filme chega como novo formato para reverenciar as raízes do trio, que tem a sua base musical diretamente influenciada pela sonoridade da cidade. Essa homenagem chega com o lançamento do álbum de estreia “Pra Gente Acordar”, que foi lançado pela Believe, em 02 de fevereiro, dia de Iemanjá, data de extrema importância para a cultura baiana.

“Viemos exaltar esse estado e todo esse axé que nos permeia, através de uma história de amor e tristeza contada pelo olhar embelezado da Bahia. É um tributo a tudo que se já se relaciona com o disco, que inclusive encerra com a faixa “Volta a Bahia”, que é justamente isso. Onde está tudo relacionado à nossa sonoridade e a forma que nos entendemos na música”, finaliza Francisco.

 

FICHA TÉCNICA:

Elenco Principal: Wesley Guimarães, Pedro de Rosa Morais, Bethe Leal

Narração: Gilberto Gil Voz:

Mãe Carmen do Gantois

 

Agradecimentos Salvador:

Obatalá/Gantois, Iuri Obatalá/Gantois

Comunidade Gamboa: Associação de moradores, Adriano e Nilton Saddam

Comunidade Solar Unhão: Associação de moradores, Delinha e Anderson

Alberto Pitta e banda Cortejo Afro

Academia Champions: Luiz Dórea e Luiz Fernando Menezes

OG Cruz

Borracharia

Grupo Ofá

Laboratório SATO

 

Produção Salvador: Beatriz Torres e Mauricio Fontoura – Tempo Pra Tudo

Assistentes de produção e arte: TeTe Porto e Pedro Felizola

 

Arte: Alberto Pitta

Figurino: Marie Silva e Silas Matos

 

Participação Especial: Maloka, Francisco Gil, José Gil

Elenco Boxe: Jackson Buguinha e Rafael Conceição

 

Elenco Adicional:

Academia Champions: Eduardo Dórea, Ícaro Cloves, Anderson de Assis, Breno Luis, Caíque da Silva, João Victor Fernandes, Jorge Luis Góes, Rafael Sousa, Icaro Ridelis, Yasmin e Bernardo Nery(bebê), Luan Philippe, Marcio Alex, Douglas Santos, Bruno Gomes e Osvaldo Caique dos Santos Banda Cortejo Afro Gamboa: Carlos Pereira, Fabio Bonfim, Paulo Santos Silva, Victor, Mario Constantino, Felipe Teixeira, Simber, Eder e Sandro Santana

 

Direção: Pedro Alvarenga

Roteiro: Pedro Alvarenga

 

Produção: Cosmo Cine

Direção de Produção: Guilherme Bolo

 

Produção de Locação e casting: Beatriz Torres e Mauricio Fontoura – Tempo Pra Tudo

Produtor Criativo: Daniel Manzali

 

Diretor de Fotografia: Bernardo Negri

1oAC: Gabriel Moska

2oAC: Fernando Dom

Steadicam: Bernardo Negri

Still e 2a unidade de câmera: Nino Franco

 

Som Direto: Victor Brasileiro

 

Eletricista: Carlos Alberto Silva

Maquinista: Edvando Lourinho

Assistente Maquinaria: Fabio Costa

 

Segurança: Tom

Motorista: Toddy

 

PÓS PRODUÇÃO:

Edição: Daniel Manzali

 

Trilha sonora: José Gil

Sound design: Day out of Time

 

Graphic Designer: Sebastian Chicchon / Lucas Gini

Color Grading: Bleach – Sergio Pasqualino Jr.

 

VFX:

Noize Graphics

Diretor de Criação / Estratégico: Raph Paiva

Gerente de Produção: Beta Reis

Coordenador de Criação: Leonardo Louzada

Supervisor VFX: Bernardo Medeiros

 

VFX Adicional:

Pedro “The ZakMan” Araujo

 

Agradecimentos Rio:

Andrea Franco, André Andrade, João Sucupira, Bernardo Portella, Daniel Venosa, Gabriela Scardini, Bruna Sozzi, Izabel Lage, Luiza Faria, Marcella Veríssimo, Renata Fraga, José Alvarenga Jr.