Para Osmar Terra, ministro da Saúde deve fazer o que Bolsonaro bem entender

Deputado Osmar Terra (MDB-RS) (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)

Revista Fórum – O deputado federal Osmar Terra (MDB-RS) comentou durante depoimento à CPI do Genocídio nesta terça-feira (22) sobre um áudio em que ele e o ministro Onyx Lorenzoni (DEM) comentavam sobre a atuação do então ministro Henrique Mandetta (DEM) na Saúde. Terra afirmou que não trabalhou para derrubar o titular da pasta, apenas tentou “realinhá-lo” com o presidente Jair Bolsonaro. Segundo ele, o ministro deveria seguir o que o presidente achava correto.

“Eu sempre achei que o mais importante não era trocar o ministro, era manter o ministro e ganhar o ministro… Quer dizer, discutir com o ministro as ideias que tivessem de acordo com o que o presidente achava, que é quem manda, quem tem a responsabilidade de conduzir. Se der errado, o culpado sempre vai ser o presidente”, disse Terra ao ser questionado pelo senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE).

Leia a íntegra na Fórum.

Fonte: Brasil 247