Pentágono confirma presença de tropas americanas na Ucrânia

© AFP 2021 / Win Mcnamee
Um número desconhecido de militares norte-americanos está atualmente na Ucrânia como parte de uma missão de treinamento e exercícios de rotina das forças de operações especiais, de acordo com o porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Anton Semelroth.
“Quando à a semana passada, a 53ª Equipe de Combate da Brigada de Infantaria da Guarda Nacional da Flórida, conhecida como Força-Tarefa Conjunta Gator, assumiu a missão [de treinamento na Ucrânia], quando foi alternada com a 81ª Equipe de Combate da Brigada de Infantaria da Guarda Nacional de Washington”, afirmou Semelroth na terça-feira (7).
“Além disso, o Comando Europeu de Operações Especiais desempenha um grande papel no desenvolvimento das Forças de Operações Especiais ucranianas […] Devido às preocupações operacionais de segurança, não podemos revelar o número exato de militares”, adicionou.
A missão de treinamento, conhecida como Grupo de Treinamento Conjunto Multinacional da Ucrânia (JMTG-U, na sigla em inglês), sustenta a política de longo prazo dos EUA de apoiar a capacidade defensiva e desenvolvimento profissional das forças ucranianas, segundo Semelroth.
A ação ajusta o tamanho, o escopo e o cenário da missão conforme as Forças Armadas ucranianas avançam no plano de instrução militar.
De acordo com Semelroth, o treinamento das forças especiais dos EUA e da Ucrânia eleva a confiança e fortalece a prontidão, promovendo a paz e a estabilidade na Europa.
Fonte: Sputnik Brasil