Precisamos aumentar a presença feminina nos espaços de poder para determos a violência de gênero”, disse Lídice

Foto: Gabriel Carvalho

A deputada federal Lídice da Mata (PSB-BA) participou, neste sábado (23), de encontro com mulheres no bairro de Pau da Lima, em Salvador e defendeu a ampliação da presença feminina nos espaços de poder para eliminar o machismo e a violência de gênero. A atividade, de conscientização contra o câncer de mama, coordenada pelo professor de dança e líder comunitário Marcos Xavier também contou com a presença da deputada estadual Olívia Santana (PCdoB-BA), da psicóloga Vanessa Fürh e da enfermeira Janaína Araújo.

Lídice lembrou ainda de conquistas recentes como o projeto de dignidade menstrual, que prevê a distribuição gratuita de absorventes para mulheres em situação de pobreza e também de proposições que fez na Câmara dos Deputados como o Programa de Contratação de Mulheres de Baixa Renda Chefes de Família (PCMF), cujo objetivo é garantir incentivos fiscais a empresas que contratem mulheres nessas condições. A parlamentar recordou também da Lei Mariana Ferrer, para ampliar os direitos de proteção às mulheres ao punir quem constranger vítimas e testemunhas durante audiências e julgamentos e defendeu o estabelecimento de cotas para garantir maior presença feminina no Poder Legislativo.

No entanto, Lídice alertou sobre as dificuldades de ser mulher no Brasil e recordou os obstáculos que enfrentou, sobretudo como prefeita de Salvador.

“Foi muito difícil e a gente percebia a má vontade pelo simples fatos de ser mulher, mas se nos organizarmos para lutar, nos unirmos e termos um objetivo a gente consegue chegar lá. Por isso, as mulheres precisam estar juntas o tempo inteiro”, disse.