Putin diz que Rússia pode apoiar suspensão de patentes para vacinas contra COVID-19

© Sputnik / Aleksei Druzhinin

O presidente russo, Vladimir Putin, declarou nesta quinta-feira (6) que a Rússia apoiaria a proposta de suspender os direitos de propriedade intelectual para as vacinas contra a COVID-19.

Em uma reunião com a vice-primeira-ministra Tatiana Golikova nesta quinta-feira (6), o presidente russo afirmou que a medida de suspender patentes de vacinas contra o coronavírus está em conformidade com as regras da Organização Mundial do Comércio (OMC).

“Neste momento ouvimos que há ideias na Europa que, na minha opinião, merecem atenção. [A ideia é] renunciar a todos os direitos de proteção de patentes sobre vacinas contra a COVID-19. Isso não só não contradiz, mas, na medida em que eu entendo, está em conformidade com certas regras da Organização Mundial do Comércio, que prevê o levantamento dessa proteção de patente em circunstâncias extraordinárias”, disse Putin.

O presidente russo acrescentou que a pandemia em curso deve ser considerada uma circunstância extraordinária.

Enfermeira prepara dose da Sputnik V para aplicação em Moscou, na Rússia.
© SPUTNIK / YEVGENY ODINOKOV Enfermeira prepara dose da Sputnik V para aplicação em Moscou, na Rússia.

“Portanto, Tatiana Alekseevna [Golikova], eu pediria a você e seus colegas para atentar para isso, e trabalhar em cima. Sem dúvida, a Rússia apoiaria tal ideia”, completou o presidente.

Na última quarta-feira (5) a administração norte-americana Biden manifestou apoio à suspensão de proteções de propriedade intelectual para as vacinas contra a COVID-19 devido à emergência global desencadeada pela pandemia. A informação foi divulgada pela representante de Comércio dos EUA, Katherine Tai, nesta quarta-feira (5).