Renan: Bolsonaro e Ernesto Araújo feriram a Constituição ao se submeterem a Trump

Foto: Agência Senado | PR

O Senador Renan Calheiros foi mais uma liderança política que criticou duramente a visita do secretário de Estado americano, Mike Pompeu, no Brasil. Em visita ao Estado de Roraima, que faz divisa com a Venezuela, Pompeu fez uma clara ameaça ao governo venezuelano.

“A interferência dos EUA no Brasil ultrapassou todos os limites. A presença de Mike Pompeo afrontando a Venezuela em território nacional é inconstitucional. Nosso país não pode virar um pária internacional pelo servilismo a nações externas”, declarou Calheiros em sua conta no Twitter.

Além de Calheiros, nomes como o chanceler Aloysio Nunes e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também destacaram a subserviência do Brasil aos EUA.

 

Fonte: Brasil 247