“Rui não tem medido esforços para mobilizar a sociedade e o poder público sem olhar coloração partidária”, afirma Éden Valadares

Foto: João Valadares/ Divulgação

O presidente do Partido dos Trabalhadores da Bahia, Éden Valadares, afirmou, em entrevista ao programa Bahia Notícias no Ar, da rádio Salvador Fm 92.3, que a articulação do governador Rui Costa com os prefeitos, câmaras de vereadores dos municípios atingidos pelas chuvas, o Ministério da Cidadania e até com governadores de outros estados, a exemplo do Maranhão, São Paulo, Minas Gerais, dentre outros, para ajudar a população neste momento de calamidade pública na Bahia é um exemplo do novo modo de fazer política no estado, inaugurado pelo PT quando Jaques Wagner foi eleito em 2006.

“Rui não tem medido esforços para mobilizar a sociedade civil e o poder público sem olhar coloração partidária. Ele acionou o Governo Federal e ligou para o ministro da cidadania, é um governador que está à altura do desafio que é, infelizmente, lidar com a maior tragédia da história do nosso estado. Essa articulação com diversos governos e entes públicos é o nosso modo de governar. Desde que Wagner foi eleito, nos seus oito anos de gestão, e com Rui agora, temos muito orgulho de dizer que inauguramos uma outra cultura política, uma nova política na Bahia”.

Éden destacou que enquanto o PT, com Wagner, Rui e Lula dialogam e trabalham com gestores municipais ou federais independentemente de suas posições partidárias para se unir em prol de melhorias para a população, o presidente Jair Bolsonaro aproveitou a situação de crise no estado para tentar se capitalizar politicamente. “Em vez de levar boas notícias, de fazer uma articulação institucional quando aconteceu o alagamento no Extremo Sul, ele foi fazer passeata, motociata e comício”.

PT Solidário – O Partido dos Trabalhadores da Bahia que, ao longo de 2021 realiza a campanha PT Solidário, assim com o PT em todo o Brasil, para ajudar famílias em situação de fome, estendeu a mobilização, convocando e motivando militantes, filiados e dirigentes para unir esforços e auxiliar os moradores da Bahia atingidos pela tragédia climática. “Estamos mobilizando nossa base social e organizações populares a contribuírem no acolhimento das famílias nesse momento tão difícil, tão duro que milhares de baianos estão passando”, afirmou Éden.

As doações podem ser feitas em postos de recolhimento do estado ou por meio do PIX do Movimento Sem Terra (MST) [email protected]

Ascom PT Bahia