Socorristas detectam sinais de vida sob escombros 1 mês após explosão em Beirute

© AP Photo / Bilal Hussein

O socorrista Eddy Bitar, que auxilia os trabalhos de equipes de resgate libanesas em Beirute disse nesta quinta-feira (3) que foram detectados sinais de vida sob os escombros.

O anúncio de Bitar ocorre aproximadamente um mês após a forte explosão que ocorreu no porto de Beirute no dia 4 de agosto e que deixou ao menos 190 pessoas mortas. As informações foram publicadas pela agência Reuters.

“Esses [sinais de respiração e pulso], junto com o sensor de temperatura, significam que há uma possibilidade de vida”, disse Bitar a repórteres.

A equipe com um cão de resgate detectou movimento sob um prédio desabado na área de Gemmayze, uma das mais atingidas pela explosão em Beirute.

Segundo o socorrista Francesco Lermonda, é raro, mas não inédito, alguém sobreviver sob os escombros por um mês.

A tragédia desencadeou uma onda de protestos e acusações contra o governo, aprofundou a crise econômica no país e deixou o cenário político ainda mais instável.

 

Sputnik Brasil