Trabalhadores do Consórcio Transoceânico deflagram greve e realizarão manifestação na obra do BRT nesta sexta-feira (10)

Foto: Divulgação

Os trabalhadores do Consórcio Transoceânico decidiram em assembleia realizada na terça-feira (07), no canteiro de obras da Av. Gal Costa em Salvador, a aprovação da greve por tempo indeterminado, devido ao  descumprimento dos direitos trabalhistas, entre eles, o pagamento das férias dos trabalhadores que saíram e retornaram as atividades sem receber os valores devidos. Os mais de 200 trabalhadores desempregados também participaram da assembleia para reivindicar do Consórcio Transoceânico o pagamento do FGTS, seguro desemprego e as rescisões contratuais.

O Sintepav BA realizará na sexta-feira (10), a partir das 07h assembleia na obra das linhas II e III do BRT no canteiro da Pituba, próximo ao Posto Petrobrás. A assembleia terá a presença dos trabalhadores do Consórcio Transoceânico que realizarão manifestação, devido a falta do pagamento das suas rescisões contratuais.

Ação Judicial – Diante da falta de cumprimento dos direitos dos trabalhadores e ausência de informação do Consórcio Transoceânico sobre a data dos pagamentos, o  Sintepav BA ingressou com uma ação judicial na Justiça do Trabalho em caráter de urgência com o objetivo de garantir o pagamento das verbas rescisórias dos trabalhadores.

Para o Sintepav BA é inadmissível que no cenário pandêmico os trabalhadores sofram com os atrasos no pagamento dos seus direitos.