Unidade de beneficiamento de pescados vai levar renda para 400 famílias da Baía de Todos-os-Santos

Foto: Divulgação

 Para levar mais renda às 400 famílias de marisqueiras e pescadores ligadas diretamente à Cooperativa dos Pescadores e Marisqueiros de Vera Cruz (Repescar), localizada na Ilha de Itaparica, o Governo do Estado inaugura, neste mês de junho, uma unidade de beneficiamento de pescados, ampliada e reformada, na localidade.

Por meio do projeto Bahia Produtiva, o governo estadual está investindo R$2,2 milhões na cooperativa, que, além da readequação da estrutura física da unidade para a legislação sanitária vigente, estrutura e equipamentos, terá uma área nova, criada para depuração de moluscos vivos, podendo ofertar ao mercado produtos vivos, trazendo um retorno maior para todos os cooperados.

A expectativa é grande na região, segundo o assessor de mercado da Repescar, José Carlos Bezerra Júnior: “Vamos ampliar nosso leque de produtos com produtos vivos e certificados e o impacto na geração de renda será grande, pois a gente vai conseguir remunerar os marisqueiros até seis vezes mais do que eles recebem com o processo tradicional de catagem. Estamos abrindo um mercado bom com clientes com o serviço delivery, que também estão ansiosos para receber esses produtos. Será uma nova fase da pesca artesanal da Baía de Todos-os-Santos”.

As famílias beneficiadas com o trabalho da Repescar estão distribuídas em 30 comunidades, localizadas em nove municípios da Baía de Todos-os-Santos, no município de Candeias, Itaparica, Madre de Deus, Maragogipe, Salinas da Margarida, Salvador, São Francisco do Conde, Saubara e Vera Cruz. A cooperativa produz cerca de três toneladas por mês de pescados e mariscos.

O Bahia Produtiva é um projeto executado pela Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), empresa pública vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), com cofinanciamento do Banco Mundial.



Ascom SDR/CAR 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui