Venezuela lamenta invasão ao Capitólio nos EUA

© Sputnik / Ruslan Krivobok

“A Venezuela condena a polarização política e a espiral de violência que se reflete na profunda crise que os sistemas político e social dos Estados Unidos atravessam”, diz comunicado do governo de Nicolás Maduro.

O governo da Venezuela emitiu um comunicado nesta quarta-feira (6) condenando a invasão ao Capitólio, nos EUA, por manifestantes que contestam os resultados das eleições presidenciais no país, vencidas por Joe Biden.

Em uma nota divulgada por Jorge Arreaza, ministro das Relações Exteriores do país da América Latina, a “Venezuela expressa suas preocupações com os recentes atos de violência em Washington, nos Estados Unidos”.

Ainda de acordo com a nota, “com este episódio [no Capitólio], os Estado Unidos padece pelas mesmas estratégias que fez em outros países com suas políticas de agressão”.

Vale lembrar que os EUA, na figura do secretário de Estado Mike Pompeo, condenou as eleições legislativas realizadas na Venezuela em dezembro. Em nota enviada à imprensa, Pompeo afirmou que a eleição foi “fraudulenta”, e que, “o regime ilegítimo de Maduro na Venezuela encenou uma farsa política que pretendia parecer eleições legislativas”.

 

Fonte: Sputnik Brasil