Benedita da Silva chama presidente da Fundação Palmares de ‘capitão do mato’ que age a mando de Bolsonaro

Benedita da Silva e Sérgio Camargo (Foto: Lula Marques | Reprodução/Facebook)

Após ser alvo de ataques racistas nas redes sociais e retirada da lista de Personalidades Negras da Fundação Palmares, a deputada Benedita da Silva, candidata pelo PT à prefeitura do Rio de Janeiro rebateu o presidente da instituição, Sérgio Camargo, e o chamou “capitão do mato” que age a mando de Bolsonaro.

“Ainda hoje fui surpreendida por uma decisão arbitrária do capitão do mato que preside, a mando de Bolsonaro, a Fundação Palmares, que deveria preservar a memória e a cultura do povo negro, mas está fazendo o contrário. Depois de exluir Mandela, Zumbi dos Palmares, da galeria de personalidades negras da Fundação, o capitão do mato retirou meu nome desta galeria”, disse Benedita.

“Mesmo não estando lá, eu continuo em boa companhia. Mas, o que ele fez é ilegal, é abuso de poder” acrescentou.

 

Fonte: Brasil 247

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui