China aprova sua 1ª vacina contra novo coronavírus

© REUTERS / China Daily

O país asiático deu mais um passo para aplicar uma vacina no seu território. A vacina tem estado em desenvolvimento há meses, com o pedido de patente chegando ainda em março.

As autoridades da China aprovaram a Ad5-nCoV, a primeira vacina do país contra o novo coronavírus, revelou no domingo (16) o jornal chinês Global Times.

Desenvolvida pela empresa biofarmacêutica CanSino Biologics em parceria com uma equipe liderada por um militar chinês especialista em doenças infecciosas, a vacina é eficaz e segura, e abre caminho para a inoculação geral do país no futuro, afirma a mídia.

Segundo o Global Times, a vacina tem um mecanismo semelhante à Sputnik V, com os dois países colaborando amplamente, tanto no desenvolvimento como na produção em massa das vacinas.

A patente foi solicitada ainda em 18 de março, mas só foi aprovada na terça-feira (11).  Xu Xinming, advogado especializado em direitos de propriedade intelectual, afirmou no domingo (16) ao Global Times que a China tem um sistema de exame de patentes comparativamente rigoroso e completo, exigindo que uma tecnologia ou produto seja fundamentalmente diferente das tecnologias e produtos similares existentes em todo o mundo para que a patente seja concedida.

Semanas antes, os EUA alegaram roubo de dados dos principais desenvolvedores de vacinas do país norte-americano contra o coronavírus, com a China dizendo que Pequim liderava o desenvolvimento no campo e estava mais preocupada com outros países roubando suas pesquisas.

Tao Lina, especialista em vacinas, negou as acusações “sem fundamento” vindas dos EUA, referindo que na época o país norte-americano não tinha lançado experiências em alguns dos métodos usados pela Ad5-nCoV.

 

Sputnik

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui