‘Cumpra seus compromissos’: Síria pede à ONU que tome medidas para prevenir novos ataques de Israel

© AFP 2021 / HO/SANA

Nas primeiras horas desta sexta-feira (3), os sistemas de defesa antiaérea da Síria interceptaram uma série de ataques aéreos que teriam sido lançados a partir de Israel contra a cidade de Damasco.

O Ministério das Relações Exteriores da Síria exigiu em comunicado à Organização das Nações Unidas (ONU) que tome medidas para evitar a repetição de ataques israelenses em território sírio, informou a agência SANA nesta sexta-feira (3).

“A Síria, sendo uma das fundadoras da ONU, mais uma vez pede ao Conselho de Segurança e à Assembleia Geral que cumpram seus compromissos sob a Carta da ONU, os mais importantes dos quais são a manutenção da paz e segurança internacional, a condenação da agressão aberta de Israel, a responsabilização de Israel e [a necessidade de] tomar medidas urgentes e decisivas para evitar uma repetição da agressão”, diz o comunicado do MRE sírio.

Na madrugada desta sexta-feira (3), os sistemas de defesa antiaérea da Síria interceptaram uma série de ataques que teriam partido de Israel contra a cidade de Damasco.

Logo após os ataques, a mídia israelense noticiou que explosões foram ouvidas no centro de Israel, embora as sirenes que deveriam alertar sobre possíveis bombardeios não entraram em ação, diz a mídia. Ainda não se sabe se esses incidentes estão relacionados.

O Exército israelense se recusou a comentar os ataques aéreos na Síria.

Fonte: Sputnik Brasil