Bolívia anuncia envio de 20 toneladas de ajuda humanitária a Cuba

© REUTERS / Marco Bello

O governo da Bolívia anunciou o envio de ajuda humanitária para Cuba, consistindo principalmente na doação de bens médicos e alimentares.

Tal ato de solidariedade foi justificado como resposta aos efeitos do bloqueio econômico que a ilha do Caribe tem sofrido nos últimos anos, em especial a partir das manifestações ocorridas em 11 de julho.

“Ontem [28 de julho] aprovamos no gabinete presidencial o decreto supremo […] que autoriza a doação”, declarou María Nela Prada, ministra da Presidência.

Foi indicado que um avião Hercules levará para Cuba, em 30 de julho, 2,5 toneladas de seringas descartáveis, 16,5 toneladas de alimentos, e uma tonelada de suprimentos de biossegurança.

Esta doação é uma “expressão de solidariedade com a revolução cubana e de rejeição ao bloqueio econômico genocida [dos EUA]”, declarou Prada em uma coletiva de imprensa.

“A Bolívia é um Estado pacifista que promove a cultura da paz e o direito à paz, assim como a cooperação entre os povos da região e do mundo […]. Neste momento tão difícil, nossa república irmã de Cuba exige toda a solidariedade dos povos”, justificou a ministra boliviana.

Prada adiantou que o governo de Luis Arce está preparando, junto a organizações sindicais e sociais, outras doações solidárias para Cuba nos próximos dias.

Fonte: Sputnik Brasil